António Brandão Moniz

António Brandão Moniz é sociólogo, especializado em Sociologia do Trabalho e das Organizações (ISCTE, 1980), e começou a sua carreira académica na Universidade dos Açores (1980‑83) e na Faculdade de Ciências e Tecnologia (UNL) desde 1983.
Defendeu a sua tese de doutoramento em Sociologia na Universidade Nova de Lisboa em 1992, sobre o tema da mudança tecnológica e organizacional na indústria portuguesa. É Professor Associado (desde 1999) de Sociologia Industrial na Faculdade de Ciências e Tecnologia (UNL) desde 1999, e com Agregação para Professor Catedrático desde 2001. Coordena o Programa Doutoral em “Avaliação de Tecnologia” da UNL (desde 2009).
Em 2011 foi convidado para ser investigador do Institute of Technology Assessment and Systems Analysis no Karlsruhe Institute of Technology na Alemanha, onde tem coordenado o grupo de trabalho sobre Avaliação de Tecnologia Robótica, e onde pertence à área de investigação em Tecnologia e Trabalho.
Em Portugal, é ainda diretor do Observatório de Avaliação de Tecnologia (OAT) do centro de investigação CICS.NOVA. Foi “Gastwissenschaftler” do ITAS‑Institute of Technology Assessment and Systems Analysis do Forschungszentrum Karlsruhe em 2007‑08. Foi também convidado no Fraunhofer Institut für Systemtechnik und Innovationsforschung (ISI‑Fraunhofer, de 2002 a 2004), e “Visiting Researcher” na Brown University, Providence, Rhode Island (1999), e na School of Labour Studies of McMaster University (Hamilton, Ontário) no Canadá, 2017. É membro do Topic Group “Natural Interaction with Social Robots” e do Topics Group “Ethical, Legal and Socio‑Economic Issues”, ambos grupos de especialistas que integram a plataforma europeia euRobotics que contribui para a elaboração dos programas europeus de investigação em robótica. Atualmente é coordenador da Agenda Nacional de Investigação & inovação em “Trabalho, robotização e qualificação do emprego em Portugal” (Ministério da Ciência e Tecnologia).
 
 
 

Obras deste autor: